quarta-feira, 11 de março de 2015

A Bancada

Com a Madeira gasta
- marcas que contam histórias,
lascas que carregam em si memórias:
a Banca. As Jóias.
Sublime acontecer e ser e amar fazer.
Ser Mágico.
Ver o fantástico.
Rir e surpreender-se por poder surpreender.
Fuuuu. Ric Ric. Rec Rec. Plá Plá.
Joalheiro do mundo. De 1933.  Daqui... de lá.
Lembrança de criança. Frase que nunca cansa:
- A banca banca. A banca...

terça-feira, 14 de outubro de 2014

Folha no vento

O vento balança as folhas das árvores.
O mundo roda
o tempo
Que passa aos ponteiros do relógio
que gira
- o tempo e o mundo -
e leva as folhas das árvores
que dançam com o vento
das horas
que marcam 
a vida

segunda-feira, 26 de agosto de 2013

Amora

O amor é tudo que não há descrição
Como aquele ardor que acelera o coração
O amor é efeito, sem causa
Uma pauta onde as notas dançam conforme a música...
É amar e ser amado
Olhar de olhos cerrados
E beber o desejo da doce sedução

domingo, 13 de janeiro de 2013

Ontem e amanhã. Antagonismo sentimental.

Eu e meu amor sofremos de desilusão
Tentamos o laço apertar
um laço por quatro mãos
Não foi vão, triste ou alegre
Foi infinito e finito
Esforço desfeito à garoa de olhos desamparados
Gotejo sofrido, doído,  de corpos já afastados
-
Deitado sobre suspiros tranqüilos - deleito!
Tenho luz e alegria deitada em meu peito
Meus dedos dançam, deslizam sobre o dourado tecido envolvente
Sensação de um crepúsculo lindo, amável e quente
Há muito dentro de mim...
Alegre por estar na companhia de quem me completa
Alegre por estar
Alegre!

quarta-feira, 1 de fevereiro de 2012

Mais que amar

O amor transcende luzes, sombras e todas as cores que podemos ver.
É o ver sem olhar. Muito do que se vê, que mais causa admiração, vê-se ouvindo.
São palavras que agradam a alma e pulsam o coração.
Um sorriso pode ser o prefácio; mas o decorrer do livro é muito mais do que superfícies,
mais do que pele e osso. É um lago límpido e sinuoso, onde o barco se deita ao sol sereno; também onde pode encontrar tempestades.
É o único lugar agradável de estar todo o tempo, onde o querer permanece o tempo todo.

O tempo passa, isso é inevitável. 
Mas sempre existirá um túnel onde perdem-se tempo e espaço.
A janela dos olhos imutável, onde há mais raios que o sol.
Janela de muitas paisagens, onde tudo passa.

O amor faz sentir sentimentos inexplicáveis.
Como um lugar desconhecido, com perfumes nunca sentidos.
Algo que não tem como descrever; não tem desenho que represente...
é um suspirar, um transbordar...
É mais que amar: é amor!

O amor é amar.

sexta-feira, 20 de janeiro de 2012

Essência

Se a aparência condizesse à essência, na vida não existiria o sabor.
O que é mais importante na fruta, a cor ou o amor?
O amor verbo infinito que nem cabe na carne - ultrapassa barreiras da luz ou som.
Amor sutil, como a gota caída do céu repousada na pétala da flor do quintal.
Amor sublime, como o sol que esquenta a face dourada,
irradiante e sorridente da musa que vive e não sabe o que causa no peito...
em um simples olhar, em agir, reagir e viver.
Como a lua e o sol
mesmo separados, nunca deixam de conviver.

terça-feira, 27 de setembro de 2011

Nariz com NARIZ


O amor Erudito,
dançando, batendo castanholas, bailando canções...
Lindo riso da espanhola, 
delirante delirar.
Ah, segredos ensolarados do teu olhar!